Professora do UniFBV ganha prêmio do Conselho de Arquitetura

by Voz Comunicação

Com o objetivo de ajudar a comunidade ribeirinha nas margens do trecho do rio Capibaribe que passa pelo Poço da Panela, alunos do curso de Arquitetura e Urbanismo do Centro Universitário UniFBV Wyden desenvolveram um mobiliário de madeira com espaço para vasos de plantas, das mais variadas espécies. A entrega fez parte do projeto ‘Trilhas Urbanas’, uma atividade de extensão desenvolvida no ano de 2023 junto à disciplina Atelier de Urbanismo da UniFBV. O projeto foi premiado na categoria “Docentes – Práticas Inovadoras”  pelo Conselho de Arquitetura e Urbanismo de Pernambuco (CAU) como a melhor iniciativa deste ano.

 

“A atividade faz uso de metodologias ativas de ensino com o objetivo de abrir diálogos sobre a criação de projetos em espaços de exclusão. Foi escolhido como campo de análise a comunidade ribeirinha do Poço da Panela, na zona norte do Recife. Nesse território, os estudantes foram recebidos no mês de agosto pela Biblioteca do Poço e pelo projeto Jardim Secreto do Poço. Foram colhidos depoimentos sobre as intervenções urbanas realizadas pelos próprios moradores e a relação entre áreas de preservação histórica e a comunidade ribeirinha”, explica a professora e coordenadora da iniciativa, Jessica Tardivo.

 

Neste encontro, os estudantes também caminharam pelo bairro e registraram as expectativas, desejos e necessidades dos moradores. Foi observada a falta de mobiliários de descanso e de ações para conscientização sobre o cuidado com a paisagem e o uso coletivo dos espaços. “Partindo desta identificação, os estudantes analisaram os dados observados, pesquisaram projetos urbanos e, por fim, projetaram e executaram de forma experimental dois protótipos de bancos, que foram instalados na comunidade”, explica a professora de Arquitetura.

 

Cada banco, com dimensão de 3 metros, foi dividido em dois módulos, construídos com compensado e barrote de pinus. O primeiro módulo é um suporte para vasos de ervas, e o segundo é uma área de descanso. Como resultado, o modelo criado visa inspirar a produção de outros mobiliários para a integração das áreas periféricas do bairro, bem como contribuir para as ações de políticas públicas, promovendo assim a formação de futuros profissionais ativos e participativos. “Foi uma experiência incrível ter participado desse projeto, desde a montagem até a entrega do banco. De modo geral, sou muito grato por já, no meu primeiro período, estar participando de vários projetos através do escritório modelo da faculdade. Foi super legal poder interagir com o pessoal que estava super feliz em receber o banco, e tenho certeza de que o banco será muito utilizado pela comunidade”, ressalta Nayron Dias, aluno do UniFBV.

Related Posts

Leave a Comment