Estácio oferece curso gratuito para quem deseja ingressar no setor de TI

Especialista explica características do setor e aponta as áreas em expansão

by Voz Comunicação

O setor de tecnologia no Brasil enfrenta um desafio significativo: a escassez de profissionais para atender à demanda crescente. De acordo com a Associação das Empresas de Tecnologia da Informação e Comunicação e de Tecnologias Digitais, nos próximos cinco anos, o país precisará criar quase 800 mil novos postos de trabalho nesse setor. No entanto, o Brasil forma pouco mais de 53 mil profissionais de tecnologia por ano, o que deve resultar em um déficit de 532 mil profissionais diversificados para atender à crescente demanda.

Sérgio Cardoso, curador líder da área de exatas da Estácio, explica que a falta de mão de obra comprometida no setor de tecnologia no Brasil é resultado de diversos fatores, incluindo uma demanda crescente e a evolução tecnológica. “As tecnologias avançam rapidamente, tornando um desafio para os profissionais de TI se manterem atualizados”, argumenta.

Cardoso também pontua que outro fator que contribui para esse problema é a educação com currículos desatualizados e abordagens pedagógicas tradicionais. A qualidade do ensino em TI varia, e a falta de cursos que foquem no desenvolvimento por competências e aprendizagem baseada em projetos limitam a capacidade dos alunos de adquirir as habilidades práticas possíveis para o mercado de trabalho em constante evolução. “Além disso, a infraestrutura tecnológica e o acesso à internet no Brasil apresentam desafios, prejudicando a participação de regiões menos envolvidas no setor de tecnologia”, afirma.

Essa falta de profissionais capacitados é ampliada pelo sorteio de muitos candidatos, que se sentem despreparados para as demandas técnicas e acreditam erroneamente que é necessário conhecimento prévio em programação ou tecnologia. Nesse contexto, a Estácio está fazendo a diferença com o curso gratuito “Prepara Tech”.

Curso gratuito Prepara Tech

O Prepara Tech oferece uma oportunidade de conhecer as diversas possibilidades de atuação no setor de TI. Cardoso, que também é curador e responsável pela construção do curso, defende que o “Prepara Tech” contribui para uma diminuição dos desafios do setor de tecnologia no Brasil, preparando indivíduos para integração na indústria de TI, independentemente de seu conhecimento prévio. “O curso abrange desde o raciocínio lógico até a lógica de programação, conveniência as bases simples para uma carreira bem-sucedida em tecnologia”, diz.

O curso da Estácio é gratuito e destinado a qualquer pessoa interessada em ingressar na área de tecnologia, seja um estudante em busca de uma área de estudo ou um profissional que deseja adquirir novas habilidades. Não é necessário ter conhecimento prévio em programação, apenas disposição para aprender e explorar o mundo tech. Com o Prepara Tech, é possível conhecer diversas áreas do setor de tecnologia da informação e dar o pontapé inicial para seguir uma carreira. As inscrições estão abertas e podem ser feitas pelo link: https://online.estacio.br/p/prepara-tech

Formação acadêmica e sucesso no mercado de trabalho

Para o especialista conhecer as possibilidades do setor antes de iniciar uma graduação é fundamental. Por isso, o Prepara Tech é uma oportunidade ideal para quem tem afinidade com o setor de TI mas não sabe por qual o caminho seguir.

Vale lembrar que, no amplo campo da tecnologia, diversos setores estão constantemente à procura de profissionais qualificados devido à crescente demanda por inovação e soluções tecnológicas. Mas, para alcançar estas vagas é necessário investir na qualificação profissional. O especialista destaca algumas das opções de graduações como Desenvolvimento Full Stack; Engenharia de Software; Defesa Cibernética; Ciência de Dados; Banco de Dados; e DevOps.

“A área de Tecnologia da Informação oferece inúmeras oportunidades para quem busca desenvolver uma carreira sólida e dinâmica. No entanto, encontrar os cursos certos para adquirir as habilidades necessárias pode ser uma tarefa desafiadora” explica Sérgio Cardoso.

Cardoso evidência ainda alguns dos setores mais promissores na área:

Desenvolvimento de Software: Este é um dos setores mais perenes da tecnologia, com demanda constante por desenvolvedores de software em várias linguagens (como Java, Python, JavaScript), frameworks e em diversas áreas, incluindo desenvolvimento web, móvel e de aplicativos.

Segurança Cibernética: Com o aumento das ameaças cibernéticas, as empresas buscam especialistas em segurança cibernética para proteger seus sistemas e dados. Isso inclui profissionais que podem realizar testes de penetração, monitorar redes e implementar medidas de segurança robustas.

Análise de Dados e Inteligência Artificial (IA): A análise de dados e a IA desempenham um papel fundamental em tomar decisões baseadas em dados. Profissionais que podem extrair insights de grandes conjuntos de dados e desenvolver algoritmos de IA estão em alta demanda.

Cloud Computing: A migração para serviços em nuvem continua a crescer, impulsionando a demanda por profissionais que entendem as principais plataformas de nuvem, como AWS, Azure e Google Cloud, e podem projetar e gerenciar infraestruturas em nuvem.

DevOps: A cultura DevOps visa a integração contínua e a entrega contínua, automatizando processos de desenvolvimento e operações. Profissionais de DevOps são essenciais para a entrega eficiente de software.

 

Related Posts

Leave a Comment