Revisões periódicas são a melhor estratégia para evitar surpresas e gastos inesperados com os veículos

Especialista dá dicas para quem planejou as merecidas férias e ainda vai pegar a estrada

by Voz Comunicação

O mês de janeiro é sempre marcado pelo aumento da revisão dos veículos, seja pelo período de férias ou pelo planejamento para começar o ano com tudo em ordem. O período também marca a inspeção dos veículos adquiridos no final do ano anterior, quando normalmente se registra um aumento das vendas e quando se completa o prazo de um ano de uso ou do alcance do limite de quilômetros rodados definidos para revisão obrigatória de acordo com indicações de cada fabricante.

“A manutenção preventiva segue durante todo o ano, com períodos de pico e de estabilidade. Ficar atento às datas determinadas no manual do fabricante e se antecipar sempre é o caminho para manter o funcionamento do veículo o mais próximo possível das condições originais, prolongando a sua vida útil”, resume Bruno Queiroz, gestor comercial do Grupo Parvi.

Ainda de acordo com o especialista, “uma revisão bem feita é fundamental para identificar e corrigir possíveis falhas mecânicas e elétricas, prevenindo muitos imprevistos”. Ele ressalta a importância de checar lanternas, pneus, óleo, filtros de ar, freios, embreagem, bateria, ar-condicionado, limpadores de para-brisa e outros itens básicos antes de pegar a estrada.

O gestor também ressalta a vantagem econômica da manutenção preventiva em relação aos reparos significativos causados por negligência. Além disso, destaca que um histórico de manutenção cuidadosa pode valorizar o carro no momento da revenda. Ele também aconselha agendar revisões antecipadamente, escolher oficinas autorizadas, com técnicos certificados, e investir na substituição de filtros e velas para melhorar o desempenho do veículo e economizar combustível.

Outras dicas incluem manter um kit de emergência no veículo, evitar sobrecarga de bagagem para economizar combustível e adotar uma condução eficiente para preservar o veículo. “Seguindo essas orientações e realizando a manutenção adequada, os motoristas podem pegar a estrada com tranquilidade, desfrutando ao máximo de suas jornadas sem preocupações”, conclui Bruno Queiroz.

 

 

Related Posts

Leave a Comment